quinta-feira, 28 de julho de 2011

0 comentários

Mozilla OS! Dará certo?



" A Mozilla apresentou planos para o desenvolvimento de um novo sistema operacional com base na web, utilizando a computação em nuvem como fundamento da plataforma. O plano é criar algo semelhante ao Chrome OS, do Google, mas para competir com o Android em celulares e tablets. "


Fonte: Terra Tecnologia (ler matéria na íntegra)

A notícia não é nova, mas não poderia deixar de tecer algum comentário sobre este inusitado anuncio.

Fiquei surpreso com esta notícia, não pensei que a Mozilla teria tanta ambição, e gás para investir num projeto desta magnitude. Colaboradores não faltaram, o problema ao meu ver, é investir num ramo que por enquanto, é apenas tendência.


O Chrome OS já foi lançado, está sendo vendido, e até agora, nada de extraordinário. Você não vê comentários em lugar nenhum, fico me perguntando como estará indo as vendas dos Chromebooks, acho que está indo como o esperado, afinal, se fosse um fiasco ou um sucesso de vendas, a imprensa com certeza já teria chiado.


Mesmo assim, quem compra um ChromeOS está apostando em algo muito além de nosso momento atual. São pessoas que já desencarnaram do PC tradicional que tem coragem de ser user do sistema do Google, ou seja, poucas pessoas!


Será que o ChromeOS poderia substituir o Android em tablets? em smartphones? Acho difícil, pelo menos nos dias de hoje! Será que o modelo do ChromeOS consegue um dia desbancar não só o Android, mas todos os outros S.O?
Por isso a pergunta é inevitável: Vai dar certo?

Não sei.
É uma aposta alta, tanto do Google, quanto da Mozilla.

Por enquanto, este Mozilla OS (nem sabemos se será este o nome) é puro vaporware. Mas podem ter certeza, assim como fazemos com o Firefox, quando sair o primeiro build, vamos testar e colocar aqui no Vox. :D


E você, está curioso(a) para saber como será o Mozilla OS? Também estou :D


PS: Tradicionalmente fazemos um post sobre o Ubuntu a cada lançamento do mesmo. Desta vez, não consegui uma maquina com configuração suficiente para rodar a nova interface Unity do Ubuntu 11.04 . Como a versão sem esta interface é idêntica a versão anterior (10.10), decidi não fazer o especial. Desculpe :(

quarta-feira, 27 de julho de 2011

0 comentários

O Windows Phone 7 Mango vem aí ...



" A Microsoft anunciou na terça-feira (26) que a próxima versão do sistema operacional Windows Phone, com o codinome Mango, foi entregue aos fabricantes para que eles possam testá-la em seus aparelhos. Segundo o site Cnet, a entrega para testes é uma das etapas finais antes que a plataforma chegue aos usuários como uma atualização do software. (...) "

Fonte: G1 (ler matéria na íntegra)

O trecho acima é apenas para dizer que a compilação RTM já está pronta e já está com os fabricantes de celular (eles tentam simplificar demais e acabam deixando o assunto mais confuso :P)

Olha, a expectativa no mundo da informática é grande, muito grande, por causa do Mango, principalmente depois da parceria com a Nokia, a Microsoft postergou o que pôde o desenvolvimento deste release do WP7 que criou um verdadeiro "hype". Já tem gente falando se o iPhone 5 não for lançado, este será o lançamento do ano para linha os smartphones.


Só vou comentar do ponto de vista computacional/financeiro/técnico quando realmente o negócio estiver no mercado e quando eu conseguir ver a novidade nas minhas mãos, mas por puro palpite acho que vai dar certo. Como disse neste post, se a Microsoft conseguir tirar o estigma de coisa ruim (basta apenas fazer algo que preste), tem tudo para que o WP7 Mango decole.


Não acho que a curto/médio prazo seja um problema para o iOS e para o Android, mas a longo prazo, se agradar o público, e o mesmo identificar o Mango como um Windows qualquer, aí meu filho, vai ser difícil a Apple segurar esta liderança.


O trunfo é a Nokia, já disseram que final do ano já tem smart da finlandesa com o Mango. Visibilidade a Microsoft terá, agora, se os bluecaps do tio Ballmer tiver feito um bom trabalho, será mais um sistema para computação móvel. Como podem ver, ao contrário do PC, a briga de SO móveis será acirrada, é nós consumidores é quem sairemos ganhando. O que um pouco de concorrência não pode fazer? :D

segunda-feira, 25 de julho de 2011

0 comentários

TV Brasileira: A Vanguarda do atraso ...


O Mundo perfeito para Rede Globo. Só esqueceram do bombrill :P

" São Paulo - A Intel divulgou ao mercado e à imprensa um comunicado afirmando que um apagão de dados ronda o Brasil, caso a Anatel não libere novas frequências para exploração da banda larga no país. (...) A oferta das faixas se arrasta há mais de seis anos na agência reguladora e, recentemente, ganhou a oposição de redes de TV como Globo e Record, que alegam prejuízos à transmissão de sua programação via satélite, caso a faixa de 3,6 GHz seja realmente leiloada para banda larga. (...) "


Recomendo que vocês leiam a carta da intel. Qualquer um em sã consciência vai dar razão a intel.

É preciso uma empresa estrangeira dizer isto, por que, com exceção da blogosfera, ninguém tem coragem de dizer que a TV Brasileira, é literalmente, uma vanguarda do atraso*.


Primeiro, elas próprias atrasam sua própria evolução, já que as próprias emissoras de TV retardam o máximo a adoção da TV Digital full, ou seja, com tudo aquilo que ela ela pode nos oferecer como o multicast e a interatividade.


E ainda tem pachorra de atrapalharem a expansão da banda larga. Se isto não é ser a vanguarda do atraso, me digam o que é :P


A intel tem razão. As emissoras tem que melhorar o sinal terrestre, para depender menos de satélites. Todos nós já colocamos um bombril na antenas para o sinal melhorar. Isto é um absurdo. Se fosse numa região remota, até que teria a desculpa da falta de infra estrutura, mas isto em São Paulo, a cidade mais desenvolvida do país, chega ser patético.


A intel está de parabéns de reclamar neste tom sobre as emissoras brasileiras. Outras grandes empresas e setores da sociedade deveriam fazer o mesmo, e quem sabe, o Governo perca um pouco o medo e passe a pressionar dona Globo e cia para saírem da década de 1960 e entrarem de vez no século 21 :P


* O título deste post não é criação minha. É utilizado por diversos blogueiros, principalmente para os blogs de politicas ligados a esquerda para se referir de maneira figurada ao conservadorismo da nossa imprensa. Neste caso, é literal mesmo, já que está impedindo o progresso tecnológico. Lamentável :P


PS: Semana atarefada + gripe cavalar com infecção na garganta = a quase duas semanas sem posts. Desculpa ae! ;D
0 comentários

O fim dos ônibus espaciais ...




" (...) "O ônibus espacial mudou a maneira como vemos o mundo, a maneira como vemos o Universo", disse Ferguson assim que a nave pousou. "Os Estados Unidos não vão parar de explorar [o Universo]." Ele também fez um tributo à equipe da Nasa. "Obrigado por nos proteger e dar a este programa um fim digno." Era o fim do voo de número 33 da nave. (...) "

Fonte: Folha (ler matéria na íntegra)

Confesso. Eu sonhava quando era criança em pelo menos ver um lançamento de um dos ônibus espaciais. Quando se é criança, este tipo de nave faz vc sonhar com o infinito e além :D

O grande problema dos busões espaciais é que a NASA não os evoluiu tecnologicamente, ou seja, não os aprimorou afim de melhorarem seu desempenho, segurança e em custos. A nave Soyuz da Rússia é hoje uma das maneiras mais baratas de irem ao espaço, mas a Rússia/URSS nem sempre pagaram tão barato, foi com o tempo, e com duras penas, que a nave e o foguete foram sendo aprimorados, melhorados sempre visando não só a segurança/desempenho, mas o custo x beneficio.


Desde meados da década de 1990 que os busões viraram grandes elefantes brancos, verdadeiros becos sem saídas, já que tudo neles ficou ultrapassado, e uma revisão geral no programa custaria caro, dinheiro que "sabiamente" depois foi usado nas guerras. O resultado esta aí.


Vejo muita gente achando que a iniciativa privada, que agora vai assumir o lugar da nasa vai fazer as mil maravilhas.


Sinto muito, mas não vai. Como já disse em outro post, o máximo que as empresas vão criar serão naves para orbitar a Terra, nada de cientifico, apenas para turismo. E os milhares de técnicos e cientistas da Nasa que trabalhavam com salários de fome por um ideal? Vão para rua é claro.


Se por um lado, em 20 anos poderemos viajar pela órbita da Terra por puro divertimento, por outro, pelo menos no EUA, não terá mais aquele apelo cientifico. Não terá mais inovação. Não terá mais ciência de ponta. Isto para mim é um fim vergonhoso para NASA. Antes tivessem fechado a agência, pelo menos, manteriam o nome com boa reputação nos livros de história.


Vai demorar para outra nação assumir o lugar dos EUA na exploração espacial. E quem sabe um dia, o Brasil não dê prioridade a esta ciência tão necessária e tão fascinante, pelo menos para mim, a astronáutica será uma das principais ciências num futuro nem tão distante. É uma pena o fim deste sonho, pelo menos para os americanos.


Seja como for, um dia que eu for fazer um tour pelos EUA, vou visitar a Atlântis :D

terça-feira, 12 de julho de 2011

0 comentários

O Windows 8 e a superação devem ser os focos da Microsoft ...

 
"A vice-presidente de marketing do Windows, Tami Reller, anunciou na última segunda-feira (11) que a Microsoft revelará detalhes do novo sistema operacional Windows 8 na conferência Build para desenvolvedores de software que acontecerá em setembro em Anaheim, na Califórnia. (...) "  

Fonte: Folha (ler matéria na íntegra)

O que eu espero do Windows 8? Como usuário, eu espero que seja mais estável, mais seguro, mais leve, com novos e uteis recursos e principalmente, menor preço.  Se você perguntar para qualquer usuário de Windows do mundo, é isto que ele vai dizer!

Mas, a computação móvel esta aí batendo a porta, e por mais que o PC vá durar mais algumas décadas, tio Ballmer e seus blucaps precisam marcar território neste mundo fórum do WinIntel (x86), que a M$ não é acostumada a fazer.

As pessoas criticam a M$ por até agora não ter conseguido criar algo que preste fora da x86 (com exceção do Xbox, e mesmo assim, depois de muitos upgrades). Isto é normal numa empresa do estilo da Microsoft. Especialista em apenas um ramo.

Para conseguir sucesso nos tablets, celulares e até mesmo na web, a Microsoft terá que superar dois problemas: O primeiro é a maldição da tela azul da morte, pode não parecer, mas o nome Windows faz lembrar uma certa tela de erro que traumatizou milhões de pessoas nos anos 90. Estas pessoas não querem ver telas de erros como estas em seus tablets, em sites e principalmente, nos seus celulares.

E segundo, o preconceito do que é bom, tem que ser chique e caro e o que é popular, é ruim. Coisa que a Apple sabe muito bem usar, manipulando o egoísmo e o consumismo das pessoas.

Não estou sendo leviano, sei que os Macs e o iOS tem suas virtudes, mas nada que seja de outro mundo se for comparar com o Windows 7 e com o WP7! Nada mesmo. :)

Nas duas situações, a Microsoft terá que provar sua competência. Se fizer um trabalho bem feito, vai ganhar a confiança do público, assim como fez com o Xbox 360 e com o Bing (e menor escala, mas 8% da web é muita coisa).

Então discipulos do Tio Bill: Trabalhem! :D

PS: Demorou bastante por que tive que quebrar a cabeça, mas consegui colocar o botão +1 do google no rodapés dos posts (demorou pq o layout do blog é personalizado, se fosse o padrão, o botão estaria aí por pura osmoze). Agora, vc pode compartilhar com as três redes sociais mais cool do momento (Twitter, Facebook e Google+). Então, divirtam-se :D

PS2: Este post foi escrito através da nova interface do blogger. Se você perceber qualquer erro técnico, favor, nos avise, que voltaremos a utilizar a versão clássica.

quarta-feira, 6 de julho de 2011

0 comentários

[especial] Firefox 6 Beta 1


Firefox 6.0 Beta 1 rodando em Windows XP (clique para ampliar)

Continuando com seu plano de lançamentos rápidos, a Mozilla acabou que colocar em seu FTP a primeira versão Beta do Firefox 6! Pelo cronograma, a versão final sairá em 16 de agosto. Mas como é de costume, nós não esperamos e já testamos a nova versão do Firefox e seus novos recursos.


Obs: As imagens neste post estão miniaturas para agilizar o carregamento da página. Para visualiza-las em seu tamanho normal, basta clicar sobre elas!


* Gerenciador de privacidade/permissões



A Mozilla centralizou em uma única aba, o gerenciamento de permissões para gravação de cookies, de senhas, de cache, de localização e de pop-ups.


Este recurso permite o usuário a ver todas a permissões de todos os sites visitados e se quiser, pode alterar permissões para um determinado site ou para todos de maneira muito mais fácil e mais intuitiva que nas versões anteriores.


Para acessar este recurso, basta o usuário digitar about:permissions na barra de endereços e dar enter. Este recurso tem apenas um problema: Se você tem um histórico muito grande, ele demora um pouco para carregar!


* Revamp Memory



O Revamp Memory é um aprimoramento da famosa tela about:memory. Além de ter mais informações, a tela vem com opções de minimizar um pouco o uso de memória do firefox.


Nas próximas versões do FF, este recurso virá com alguns extras. Pelo menos é o que promete a mozilla. Mesmo assim, o desempenho melhorou, confira mais sobre no fim do artigo.


* ScratchPad



O ScratchPad é uma mesa de depuração de java script, que trabalha junto com o renomado console da web do Firefox. É um recurso muito bem vindo para os webdesigners e desenvolvedores web!


* Miniaturas e animações das abas quando houver movimento



Este recurso funciona melhor no Aero do WinVista/7 ou mesmo no Linux/Mac, pois no WinXP ele fica praticamente imperceptível. Trata-se de exibir a miniatura de uma aba quando você movimentar a mesma pela barra de abas/titulo.


* Plugin check e Desabilitar a aceleração por hardware



A primeira imagem mostra um link para o plugin check, um serviço da mozilla que permite você saber se existe algum plugin desatualizado. Um coisa extremamente útil, e não sei por que esta funcionalidade ainda não foi embutida de vez no gerenciador de plugins.


A segunda imagem, é o janela de opções na guia avançada. Finalmente colocaram a opção de desabilitar a aceleração por hardware. O FF vem travando em muitos computadores mais modestos, por que até então, não havia uma maneira fácil de desativar este recurso.


* Melhoria no desempenho


Nos últimos especiais que temos tido com o Firefox, o que mais as pessoas falam comigo é:


"Você sempre diz que melhora, mas não mostra o quanto. Hunf!"


A partir de agora, vou tirar print do gerenciador de memoria do windows no inicio da execução e depois de navegar pelos nossos três sites (o Vox, o site do CMG e o Fórum). Os nossos sites usam quase todas tecnologias, desde o html5 até mesmo flash, passando por ajax, javascript e cia.


Também tirei as extensões da jogada. Isto pq, sempre o pessoal lança uma nova versão dos add-ons adaptados para nova versão. Por isto, nossos testes não terão nenhuma extensão em execução.


E também por que a grande maioria das pessoas não utilizam extensões!


É um benchmark simples (fuleiro como eu sempre digo) mas é transparente, pois pode ser facilmente reproduzido por você.

Veja as telas a seguir:



A primeira imagem, mostra o FF6b1 depois da inicialização, ocupando pouco menos de 40 MB. O FF 5 carrega usando entre 46-48 MB. Redução de 6 á 8 MB.


A segunda imagem mostra depois que os três site já foram abertos e renderizado, e o melhor ganho vem aí: no FF5 o consumo fica entorno de 96 MB. No FF6b1, ficou em 84 MB. Melhoria de 12 MB.


Desde o FF4, a mozilla está sendo prudente e enxugando o FF aos poucos, está sempre retirando entre 5-10 MB em média do consumo de memória. Sem nenhuma extensão, o browser inicia quase que instantaneamente, ou seja, quando mais addons vc tiver, menor será o desempenho.


São mudanças lentas, mas que se continuarem neste ritmo, poderemos ter um FF bem mais leve em questão de meses :D


* Conclusão



Houve também novos recursos de html 5 implementados e outras correções e ajustes. Ficou devendo o Firefox Share, que não ficou pronto a tempo e foi cortado do cronograma. Seria um ótimo recurso, deixando o FF mais sociável.

Visualmente, não de novo. Como vcs viram, é a cara do FF4, e duvido muito que mude no curto/médio prazo. Mas é possível deixa-lo com a aparência antiga, basta você acessar o menu Firefox, Opções e reativar as barras de menu e de extensões e desativar as abas no topo.

O FF6b1 estará disponível em poucas horas neste site. Baixe e tire suas próprias conclusões.

Aviso: É uma versão Beta e não deve ser instalada em ambiente de produção, pois a mesma substitui a versão corrente do FF instalada em seu micro. Seu uso deve ser doméstico e por sua conta em risco. Clique aqui e veja mais detalhes de como poder usar com segurança versões betas do Firefox.
0 comentários

A Guerra de patentes


" SEUL - A Microsoft exigiu que a Samsung pague 15 dólares por cada smartphone baseado no sistema operacional Android, do Google, produzido pela empresa sul-coreana. (...) "


O interessante nisto tudo, é que quanto mais aparelhos com Android a Sansung e a HTC vender, mais a Microsoft vai lucrar! É capaz que tio Ballmer lucre mais com o sistema do rival do que com o seu próprio produto!

A patente é um mecanismo de proteção e de incentivo a criação tecnológica, a mesma é benéfica, mas a mesma precisa de algumas revisões para evitar estes tipos de paradoxos!


Afinal, a M$ está errada, pois é uma sacanagem tremenda faturar aproveitando-se de uma malandragem, mas o Google também está errado, por desenvolver um produto sem tomar cuidado e acabar usando tecnologias pertencentes aos rivais. Ou seja, nesta história, não tem ninguém bonzinho e muito menos bobo!


Esperemos que a famosa premissa "As várias maneiras de fritar um ovo" seja a alternativa no futuro para o Google resolver estas pendengas. E quando inventarem algo, corram para a registrar a patente, senão, não vai adiantar nada.


Mas está guerra de patentes, ainda vai longe :P

sexta-feira, 1 de julho de 2011

0 comentários

[cstudios] Chaos MenuGames: Mockups e status do desenvolvimento liberados!


Um mockup antigo do Chaos MenuGames II :D
Bom galera, eu liberei o status de desenvolvimento e mais alguns mockups (montagens do visual de algum recurso antes do desenvolvimento em si) do que vem por aí na versão final do Chaos MenuGames II. É uma boa oportunidade dos poucos usuários do CMG saber como o seu aplicativo favorito (sic) foi construídos.

Espero que com isso, passe um pouco a ansiedade de alguns usuários. Eu também não vejo a hora de terminar o desenvolvimento do CMG, estou tão ansioso quanto vcs, afinal de contas, são 6 anos na luta (foi tudo isso pq a faculdade atrapalhou - em quesito de tempo - bastante a codificação do programa).


Mais detalhes neste post do DevBlog. Senão quiser esperar, clique aqui!


Não vou colocar mais datas de lançamento, alias, depois de lançada a versão 2.x, para próxima geração já planejo grandes alterações no Desenvolvimento afim de evitar estes problemas.


Por enquanto, peço para que baixem o Chaos MenuGames II RC3 que está disponível para download aqui.


Não só isso, se encontrar algum bug, relate-nos no bugtracker ou por e-mail. Estamos esperando sua colaboração :D


O Chaos MenuGames é um projeto nosso. Por isso que atrasa bastante rss :D