quinta-feira, 29 de dezembro de 2005

0 comentários

Ano novo, presidente novo, pelo menos na Bolivia ...

"A Bolívia provavelmente está perdida com a eleição de Evo Morales para a Presidência da República, mas o simples fato de um índio, representante dos plantadores de coca e socialista à antiga ter sido escolhido para a primeira magistratura do país andino é um alvissareiro sinal de que a democracia está funcionando, ainda que com muitos problemas, na América Latina. Seria precipitado afirmar que a região já não corre risco de retrocesso institucional, mas é o caso de lembrar que, 10 ou 15 anos atrás, seria impensável até mesmo a hipótese de sagrar-se presidente alguém que encarnasse tão visceralmente os piores temores de Washington e das elites econômicas locais."

Fonte: Folha Online (Ler matéria na integra)


Putz, quanto pessimismo do Hélio Schwartsman (o cara que escreveu está crônica), afinal, não é por que o governo lula deu errado (mas teve coisa que saiu certa, o problema foi a malandra ingenuidade de nosso presidente) aqui no Brasil que será a mesma coisa na Bolivia. Pode até ser que saia errado, mas uma coisa que não temos hoje e os bolivianos tem agora é esperança de um governo que pode sim, fazer muito pelo povo.
Algo parecido com o Natal de 2002 aqui no Brasil, quando tinhamos muitas esperanças no nosso novo governo.
Mesmo usando a lógica, como o seu Schwartsman utilizou, de ser improvável o governo do indio dar certo, neste fim de ano,temos que ter esperança, mesmo que pouca, que dias melhores virão.


PS:Desejo a todos um feliz Natal (mesmo que atrasado) e um Próspero Ano Novo. E não esqueça de comprar hoje o ENGOV na farmacia blz! hehe ...

.Até 2006!!

terça-feira, 6 de dezembro de 2005

0 comentários

Mais uma eleição desmoralizada ...

O governo americano disse nesta segunda-feira que a alta abstenção nas eleições parlamentares na Venezuela põe em dúvida a legitimidade dos resultados."Isso (a abstenção) reflete uma ampla falta de confiança na imparcialidade e na transparência do processo eleitoral, que vale a pena ser ressaltada", afirmou o porta-voz do Departamento de Estado, Adam Ereli.Cerca de 75% dos eleitores venezuelanos não comparecerem às urnas na votação de domingo, que foi boicotada por vários partidos de oposição alegando favorecimento de candidatos governistas.

Fonte: Folha online (ler matéria na integra)

Vamos lembrar das duas eleições que Bush ganhou pra presidente (2000 e 2004), na primeira, ele ganhou no "tapetão" mesmo todo mundo sabendo que o Al Gore ganhou na maioria de votos, na segunda eleição teve um monte de denuncia de caixa 2 envolvendo muitos palarmentares do partido republicano ...

Depois de tudo isto, os americanos e nós mesmos os brasileiros não temos muito o criticar quando o assunto é eleições limpas. O que ocorre na venezuela é uma simples estatégia da oposição venezuelana de tentar tumutar novamente o governo do Chavez, bom, se vai conseguir, aí é outra história ...

PS: Novembro foi um mês tão corrido que não deu para fazer quase nada, nem tempo tive de atualizar o Vox. Agora em dezembro acalmou um pouco, é provavel que voltemos a ter atualizações semanais apartir do dia 16/12. Peço desculpas, mas sei nem notaram que o Vox passou um mês abandonado, já que neste periodo, só recebi dois emails comentando assuntos do Vox.