sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

1 comentários

O (não) lançamento do PlayStation 4 ...

PlayStation 4 Controller - DualShock 4
Novo DualShock com touchpad ... ficou bonito, mas será que continuará funcional? 

" A Sony disse que não mostrou o videogame PlayStation 4 durante o evento em que anunciou seu console de nova geração na quarta-feira (20) para "ter mais assunto para falar" nos próximos meses. A afirmação foi de Shuhei Yoshida, presidente da Sony Worldwide Studios, ao site "Kotaku". (...) "    

Assisti o evento inteiro via streaming, e quase dormi. A apresentação foi chata, mesmo para descrever as novidades que vão estar no novo console, ficou chato e pelo menos, eu não fiquei empolgado.

O que pareceu foi um PS 3.5 ao invés do PS4, apesar de muita coisa ter ficado de fora, só pelo fato do controle ter sido a única coisa a ser mostrado, e o mesmo é apenas um aperfeiçoamento do seu predecessor, parece, veja bem, parece que esta nova geração será um grande update da atual, mas sem grandes inovações como presenciamos nas últimas 3 gerações.

Em termos de hardware, o console da Sony pode chegar ao total de 2 Teraflops de capacidade de processamento, o que é uma marca considerável para algo que deverá custar em torno de 3000 reais em seu lançamento (montar um PC com esta capacidade não sai por menos de 7 reais).

Alias, por falar em PC, o novo PS4 vai ter arquitetura x86-64, ou seja, teoricamente, será possível rodar o Windows ou o Linux e todos seus aplicativos, seja em 32 ou 64 bits, com chips da AMD, o PS4 será uma espécie de PC dedicado para games, algo parecido está sendo desenvolvido pela Valve e se chama SteamBox.

E os recursos que mais chama atenção é a integração com o Youtube e a institucionalização oficial dos Game Play e dos Game Commentarys, afinal, será possível gravar o jogo e ao pressionar um botão, o mesmo é enviado para o serviço de vídeos do Google, sem precisar de placa de captura. 

O restante é apenas aperfeiçoamentos, a apresentação dos novos jogos parece um pouco artificial, pois contava com muitos vídeos, e vídeos são algo pré-renderizados, então dimensionar o quanto evoluiu a capacidade de gráficos fica difícil, e já que vários jogos anunciados são para PS3, vai demorar um tempo para saber qual é a verdadeira capacidade do novo console.

Foi um não-evento. Se ainda a Sony não decidiu como será o designer do próximo PS4 eu não sei, mas foi um pouco covarde esta atitude de não mostrar nada. A Nintendo mostrou um protótipo do WiiU em 2011, e por isso deu a cara á tapa, recebeu criticas que foram concertadas e o WiiU hoje pode não ser um primor em design, mas é bonito e eficiente.

Bom, na E3 em junho teremos provavelmente o anuncio do próximo Xbox e a apresentação de fato do PS4 pronto. É possível fazer centenas de conjecturas, mas ter uma ideia de como será a próxima geração, e principalmente, que sai com vantagem, só saberemos quando todos os players apresentarem suas armas. 

E você, o que espera do novo PS4? E da nova geração de console? 

Edit: O Firefox 20b1 ainda não saiu, por isso é que não teve especial sobre o mesmo nesta semana. Semana que vem com certeza o mesmo já estará disponível e então poderemos escrever a respeito!
1 comentários

O fim (de fato) do Opera Browser e suas consequências ...

Opera Browser Logo
 E lá se vai mais um browser, e assim como no Netscape, que descance em paz :\

" Para melhorar a experiência no Android e iOS, este ano empresa fará uma transição gradual para a engine (motor de renderização) WebKit, assim como o Chromium, que estarão presentes na maior parte de seus próximos lançamentos, tanto no desktop como no celular, de acordo com a companhia. "  

Fonte: IDGNow Brasil (ler matéria na íntegra)

Eu poderia estar contente, feliz da vida com esta notícia, afinal eu nunca gostei do Opera Browser, mas nos dias de hoje, com a competição acirrada em que se encontra o mercado de browsers, o mesmo desempenhava um papel fundamental: Uma alternativa comercial viável ao IE!

Sim, o motor (engine) Presto do Opera é um ótimo concorrente do motor Trident da Microsoft, apesar de todos os aprimoramentos que o Presto teve desde a versão 9 do Opera, o mesmo ainda tinha algumas dificuldades em alcançar o desempenho do Gecko e principalmente do Webkit.

O Presto é um engine muito eficiente, em vários aspectos deixa o Trident e o Gecko (Mozilla) no chinelo, e em desempenho, sempre teve bons resultados, as vezes melhores que qualquer outro.

Apesar dos pequenos problemas, é um produto competitivo!

O mesmo está presente no Wii/3DS/WiiU, em várias TV, em 1,8% dos Desktops e em milhões de celulares e smartphones no mundo todo, é um legado gigantesco.

Agora me pergunto: Por que a Opera abandonou um produto tão eficiente e que tanta gente usa e gosta?

Não faz muito sentido do ponto de vista tecnológico, a única explicação é financeira, tanto é que depois deste anuncio, a mesma mandou para casa mais de 10% de seus funcionários, o que para uma empresa do tamanho da Opera é muita coisa. Com a adoção do webkit, o Opera Browser vira um Chrome lite ou um Safari lite (vai depender de como eles vão implementar o engine), e não importa, o Opera deixa de ser um opção válida para o mundo mobile.

Pense comigo, se o mesmo virar um Safari lite, os seus usuários no iOS por exemplo (que atualmente o Opera renderiza usando o Presto de forma remota) vai usar o mesmo no SO da Apple ou vai preferir usar o Safari que tem os mesmo recursos sendo otimizado para rodar no aparelho da Apple? Ou então no Android, os usuários vão preferir quem? O Chrome que é otimizado e integrado para o SO e serviços do Google e roda redondo na plataforma ou o novo Opera que necessita de instalação, configuração e será mais pesado?

Entenderam onde quero chegar? A Opera esta dando um tiro no próprio pé, os usuários que ficarem vão continuar por causa da ignorância ou por que gostam da interface, e só por isso.

Dos 300 milhões de usuários do Opera atualmente (98% mobile), vai haver uma queda brusca em pouco espaço de tempo depois da troca (que vai ser feita gradualmente).

E a consequência no mercado é clara: Teremos menos opções, a partir de agora teremos de fato apenas 3 browsers na guerra: IE, Chrome e Firefox.

É uma pena perdermos mais uma opção, eu temo que em breve teremos um novo monopólio no mercado de browser, que pode até ser bom para o webdesigners à principio, mas será um desastre na evolução da internet, como aconteceu entre 1998 á 2005 quando existia a hegemonia total do IE. A internet evoluiu picas se comparado antes e depois deste período.

Que os céus nos salve deste desastre, e que os sobreviventes consiga mais força, mais vontade e mais grana que a Opera para continuar nos proporcionando alternativas, competição e principalmente, evolução para toda rede :)

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

2 comentários

[Blog] Rebooting ...


E mais uma vez infelizmente o Vox ficou 1 mês parado, portanto, pretendo recomeçar os trabalho aqui no blog nesta semana.

O motivo foi alguns problemas de saúde que estou enfrentando (já enfrentava antes, mas sabe como é a lei de Murphy-Tiririca: Pior do que está, ficará. Sempre :P), apesar de não serem problemas graves ou fatais, o tratamento destes problemas crônicos teve que ser ajustado, causando um monte de efeitos colaterais nada desejáveis, e um deles foi um inicio de depressão :\

Agora que estou um pouco melhor, pretendo recomeçar de forma mais suave, ou seja, por enquanto, posts só nas sextas-feiras (como foi de costume durante 2012). Ano passado eu planejava uma volta mais forte, já que o blog anda perdendo a sua parca audiência (justificável, um blog sem atualizações é um blog morto) mas não vou subestimar o meu corpo novamente.

Outra boa noticia é que eu adquiri um novo PC (notebook), básicão, infelizmente não foi possível comprar algo soberbo, mas deu para comprar um PC decente.

Será pela primeira vez que eu usarei um notebook como PC principal, já tive 5 PCs Desktops desde 1996, e este será o primeiro laptop. Decidi por um notebook principalmente pelo preço e pela qualidade, PCs Desktops bons hoje estão caros, então o jeito será se acostumar com um teclado pequeno e um touchpad :D

Assim que o mesmo for entregue (provavelmente na semana que vem, os correios estão uma bela porcaria), também retomarei os trabalhos no Chaos MenuGames, que estão parados desde novembro do ano passado. 

Assim que tudo se acertar, além de tocar o blog para frente, quero colocar uma ideia e um projeto em prática, não sei quando ambos vão sair da gaveta, mas se você acompanha o Vox e gosta de nosso conteúdo, inscreva-se no nosso recém criado canal no youtube (clique aqui) e quem sabe do nada, algo do Vox apareça em usa timeline? :D

Então, até sexta!