sexta-feira, 27 de maio de 2011

A "greve da TI" gerou seu primeiro resultado, mas ainda não é o bastante ...



" SÃO PAULO - O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) determinou que os profissionais de TI devem receber reajuste de ao menos 7,5% em seus salários. O percentual foi decidido no Judiciário pois, durante meses, patrões e empregados não conseguiram chegar a um acordo. "

Fonte: Info (ler matéria na íntegra)

Esse aumento ainda é pouco, por uma profissão que falta mão de obra, onde as empresas pedem niveis de qualificação mais profundos, vai ter que haver um valorização, senão, pode haver uma debandada de jovens, que irão tentar outra área de atuação.

Mesmo assim, esse aumento deve ser comemorado, e se nossa classe fosse mais unida e tivesse sido feita uma greve de verdade, tenho certeza que conseguiríamos uma aumento maior, mas na situação atual, foi o possível.


Na minha humilde opinião, nossa profissão aqui no Brasil ainda tem 2 ou 3 décadas para desenvolver-se completamente, já que o investimento em TI é para sempre, a chances desse mercado de trabalho podem aumentar muito, apesar da sensação de saturação que vivemos hoje.


Até lá, cada um de nós deveríamos para pensar um pouco na nossa carreira e suas futuras perspectivas. A TI é algo que evoluiu muito depressa, e nem sempre nossos sonhos e metas acompanha esse ritmo frenético. Você deve se perguntar: você ainda será útil daqui a 3 anos? ^^

0 comentários:

Postar um comentário

Politica de comentários:

O Casper Vox modera todos os comentários enviados, e reserva-se no direito de remover qualquer comentário que:

- Contiver spams;
- Que forem duplicados ou floods;
- Que não for relacionado com o assunto do post ou do blog;
- Com ofensas e palavras de baixo calão;
- Que apenas tiver pedidos ou links

Voce poderá postar seu comentário como Anônimo, mas recomendamos e incentivamos a vc usar usar sua conta do Google ou sua OpenID.

Seu email e seus dados serão mantido em sigilo. Leia nosso Termo de uso e a nossa Politica de privacidade para mais detalhes!

Nota: As opiniões deixadas pelos visitantes não refletem a opinião do Vox.