quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Um dia, Deus fica online, oficialmente!


Água mole, pedra dura ...

" A Igreja Católica aprovou um aplicativo para iPhone que ajuda fiéis a confessarem. O programa - chamado Confissão - foi colocado à venda semana passada pela loja virtual da Apple, iTunes, por US$ 1,99 (R$ 3,32). "


Fonte: Terra Tecnologia (ler matéria na íntegra)

Parece, que bem lentamente, finalmente a Igreja Católica começa a despertar para o grande e desconhecido território das internets!

Se é ou não estratégia depois de tantas pisadas na bola na década de 2000, parece que aos poucos, os cardeais estão iniciando um movimento tímido, mas significativo. Fazia tempo que a Igreja Católica não fazia algo assim.


Depois daquele sermão do papa sobre as redes sociais, eis que agora aparece um aplicativo oficial. Sinal dos tempos? Duvido muito. Por enquanto, é apenas iniciativas de fiéis ou empresas, que está sendo autorizado por padres e cardeais mais progressistas. É capaz da ala conservadora, que é maioria, reverter essa decisão.


Mas é questão de tempo, talvez num futuro distante, Deus ficará online, oficialmente. Pode parecer bobagem, mas quando a internet se consolidar como a ferramenta de comunicação das massas, o que não vai faltar é igreja virtual. E isso me faz lembrar uma canção do grande Raulzito, chamada "Pastor João e a Igreja invisível", afinal, cada dia mais enclausurado, pode chegar o dia, que não conseguiremos mais sair de casa, então, o jeito é rezar em casa ... :P


É muita filosofia, um dia desses, faço uma crônica mais completa sobre isso!

0 comentários:

Postar um comentário

Politica de comentários:

O Casper Vox modera todos os comentários enviados, e reserva-se no direito de remover qualquer comentário que:

- Contiver spams;
- Que forem duplicados ou floods;
- Que não for relacionado com o assunto do post ou do blog;
- Com ofensas e palavras de baixo calão;
- Que apenas tiver pedidos ou links

Voce poderá postar seu comentário como Anônimo, mas recomendamos e incentivamos a vc usar usar sua conta do Google ou sua OpenID.

Seu email e seus dados serão mantido em sigilo. Leia nosso Termo de uso e a nossa Politica de privacidade para mais detalhes!

Nota: As opiniões deixadas pelos visitantes não refletem a opinião do Vox.