domingo, 1 de março de 2009

IE Trident com o pé na cova ...



" SÃO PAULO – A Microsoft está trabalhando num navegador que substituirá o Internet Explorer, que tem o nome de Gazelle.

O principal apelo do browser será a segurança. Para isso, ele será concebido como um sistema operacional, para poder comandar as funções proteção de maneira independente ao computador. "

Fonte: Info (ler matéria)

Na verdade não é o IE em si que está para morrer, é o seu renderizador e intepretador (que são os programas internos responsáveis em transformar um monte de zero e um, desta página por exemplo, em um belo blog. No firefox esse programa é chamado de Geecko e no Safari e Chrome é chamado de WebKit), chamado Trident que está na hora da morte.

O modelo fechado, sem padronização e com aberrações dos ActiveX e o marasmo da M$ nos últimos anos deixar o Trident ultrapassado e principalmente inseguro, era óbvio que mais cedo ou mais tarde, a M$ se quiser manter sua liderança no market share terá que enforcar o Trident, e esse Gazelle é um protótipo de um novo nucleo para o IE.

No começo da proxima década, vamos ver muitas coisas diferentes dentro do Windows, e não fique espantado se o IE e seu novo nucelo no futuro for open-source, Browsers de Internet tendem a ser completamente livres, só o IE e o Opera que ainda resistem, mas por quanto tempo mais?

1 comentários:

Dav disse...

se for para melhorar esta bom

Postar um comentário

Politica de comentários:

O Casper Vox modera todos os comentários enviados, e reserva-se no direito de remover qualquer comentário que:

- Contiver spams;
- Que forem duplicados ou floods;
- Que não for relacionado com o assunto do post ou do blog;
- Com ofensas e palavras de baixo calão;
- Que apenas tiver pedidos ou links

Voce poderá postar seu comentário como Anônimo, mas recomendamos e incentivamos a vc usar usar sua conta do Google ou sua OpenID.

Seu email e seus dados serão mantido em sigilo. Leia nosso Termo de uso e a nossa Politica de privacidade para mais detalhes!

Nota: As opiniões deixadas pelos visitantes não refletem a opinião do Vox.