terça-feira, 13 de outubro de 2009

Qualidade em primeiro lugar ...


Antes de tudo, queremos qualidade no serviço da banda larga! Foto: Lucas Doca/UNB

" SÃO PAULO - A Agência Nacional de Telecomunicações prepara um novo regulamento para endurecer as regras que protegem o consumidor de serviços banda larga.


Em discussão na agência, o novo estatuto deve ficar pronto até o final deste ano e entrar em vigor no início de 2010. Entre as regras em debate estão formas de aumentar a competição no setor e forçar as concessionárias a cumprir metas de qualidade. "

Fonte: Info (ler matéria na integra)

Pense na seguinte situação: Vc é padrinho de casamento de seu melhor amigo, e planeja a despedida de solteiro dele e contrata uma stripper. Chega lá na hora, a mesma sai "do bolo" e tudo, dança e tira apenas a blusa ... e só. E vc ao reclamar, ela te mostra no contrato que garante apenas 10% da apresentação ... complicado, não? :P

O serviço de banda larga no Brasil é que nem essa stipper, promete que vai fazer tudo que combinado, mas não faz.

Se eu contratei um link de 500 kbps, poxa, eu mereço os 500 kbps na maioria do tempo, claro, sabemos que não dá para manter 100% nessa velocidade e que de vez em quando haverá alguma instabilidade, mas é um abuso vc pagar 500 kbps e receber na maioria do tempo apenas a metade ou apenas os famigerados 10%. E quando vc liga para reclamar vc toma um chá de cadeira e quando é finalmente atendido, é uma má vontade que só!

A Anatel ao contrário de outras agências do governo vem sendo mais respeitada, tá na hora de colocar esse respeito na mesa e exigir sim, uma qualidade no serviço de banda larga.


Mas o que é Qualidade em serviço de banda larga? Simples, cumprir com a velocidade prometida na maioria do tempo e com menor numero de quedas possível, e quando o usuário precisar de suporte, o atendimento seja rápido e eficiente. Pronto, com isso acaba com esse numero interminável de reclamações por parte do usuário.


E é possível sim fazer isso. Vcs talvez nunca tiveram a oportunidade de ligar para o suporte do Speedy empresarial, o serviço é completamente diferente do Speedy residencial. O link é dezenas de vezes mais estável, sua velocidade e estabilidade são contínuos na maioria do tempo e quando tem problema, ao ligar para lá eles atende rápido e são atenciosos, os "consultores" vêm quando precisa no mesmo dia ver o problema e quando precisa, trocam o hardware para vc.


Não estamos pedido a mesma atenção que os planos para empresas, mas um pouco mais de atenção ao consumidor individual não vai custar muito, pelo contrário, vc sempre terá um cliente satisfeito e recomendando vc.


Essa situação acontecia muito com plano de saúde, só foi regulamentar que caiu muito, alguns planos ainda pisa na bola com consumidores, e esses mesmos tente a falirem, como aconteceu com um monte deles nessa década, os que continuam firmes no mercado, tem um padrão de qualidade!


Vamos torcer para que sai algo bacana para o consumidor. Pois nós pagamos e não queremos continuar a ser palhaços!


PS: O Título do post "Qualidade em primeiro lugar" foi o slogan da Rede Manchete de televisão nos seus últimos anos de vida. Apesar das dívidas, a programação da Manchete naquela época era boa, não se parecia nada com a RedeTV! de hj. Pena que os credores e o governo não achavam isso da Manchete e a mesma foi para o buraco. Tomara que esse slogan vire lei para os prestadores de serviço deste país!

0 comentários:

Postar um comentário

Politica de comentários:

O Casper Vox modera todos os comentários enviados, e reserva-se no direito de remover qualquer comentário que:

- Contiver spams;
- Que forem duplicados ou floods;
- Que não for relacionado com o assunto do post ou do blog;
- Com ofensas e palavras de baixo calão;
- Que apenas tiver pedidos ou links

Voce poderá postar seu comentário como Anônimo, mas recomendamos e incentivamos a vc usar usar sua conta do Google ou sua OpenID.

Seu email e seus dados serão mantido em sigilo. Leia nosso Termo de uso e a nossa Politica de privacidade para mais detalhes!

Nota: As opiniões deixadas pelos visitantes não refletem a opinião do Vox.