quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Rafale, Avant!


C'est vraiment l'année de la France au Brésil! Foto: Blog do Poder Aéreo

" Brasil e França divulgaram hoje um comunicado em conjunto para confirmar um acordo de cooperação militar entre os dois

países. Pelo acordo, o Brasil comprará da França 36 aviões de combate Rafale. O valor do acordo ainda não foi divulgado. "

Fonte: Folha online (ler matéria na integra)

Por fim, como sempre nesse tipo de licitação (alias, em todos os tipos de licitação nesse país) a politica prevaleceu!

Nada contra o Rafale, é realmente um caça de ultima geração, vai servir bem para a FAB que está com uns Mirrages da década de 70, muitos já foram pro ferro velho. Sem dizer do submarino nuclear que será construído pela Marinha e os helicópteros versáteis que também será feito aqui.


Agora, se o principal motivo era transferência de tecnologia, acho que a escolha deveria ser o Gripen da Saab. Primeiro por que a Embraer e um consorcio com o BNDES vem cortejando a um bom tempo a compra da Saab, ou parte dela, segundo, que na proposta sueca os caças seriam fabricados aqui e por fim, o Gripen "é quase" um projeto open-source, e muito mais barato!


Ainda acho que o Governo poderia negociar pelo menos uns 20 Gripen que seja fabricado aqui, aí sim, em termos de caças e aviões de combate teríamos finalmente auto suficiência,como temos no campo terrestre, com tanques de guerra e até mesmo submarinos!


Mais foi um bom negócio. Pena sair caro, e para quem no twitter vinha reclamando de quando ia iniciar o ano da frança no Brasil, realmente, depois disso, não tenho duvida nenhuma, 2009 é o ano da França no Brasil! Au Revoir XD

2 comentários:

Dav disse...

bem descordando um pouco sobre a compra destes veiculos militares lembrando a situaçao que o pais se encontra como na saude

mas enfim posso acabar vendo um desses aqui na base aerea de Santos uma vez por ano eles fazem testes por aqui

Casper disse...

Mas é claro que o governo tem que investir na saúde e na educação, isso é obrigação do mesmo, e o problema não é quantidade investida, é o mal uso e os desvios que o mesmo sofre!

Dinheiro o governo tem, mas nós sabemos como e por que é tão difícil ele chegar a onde deve :P

Ou vc acha que nessa compra militar não vai ter desvios e superfaturamentos tb?

Mas o governo tb tem que investir na segurança do país, seja interna como nas policias como nas Forças Armadas. Nesse caso, ambas estão desaparelhadas e obsoletas!

Postar um comentário

Politica de comentários:

O Casper Vox modera todos os comentários enviados, e reserva-se no direito de remover qualquer comentário que:

- Contiver spams;
- Que forem duplicados ou floods;
- Que não for relacionado com o assunto do post ou do blog;
- Com ofensas e palavras de baixo calão;
- Que apenas tiver pedidos ou links

Voce poderá postar seu comentário como Anônimo, mas recomendamos e incentivamos a vc usar usar sua conta do Google ou sua OpenID.

Seu email e seus dados serão mantido em sigilo. Leia nosso Termo de uso e a nossa Politica de privacidade para mais detalhes!

Nota: As opiniões deixadas pelos visitantes não refletem a opinião do Vox.