quinta-feira, 7 de maio de 2009

[crônica] A polêmica da Identificação digital



A primeira imagem é o modelo do novo sistema de identificação que será implantado no Brasil na próxima década,o RIC será o documento que irá matar o RG e unificar a identificação. A segunda imagem, é o infame verichip, que faz a mesma coisa que o RIC, só com um detalhe, o mesmo vai implantado na mão. Há quem diga que é a marca da besta ...

Indentificar o povo em sociedades humanas é um problema desde os primórdios da humanidade, porém a tecnologia sempre dá uma forcinha, e cada nova etapa dessa evolução, a polêmica fica mais acirrada. Nessa crônica, vou discutir como será identificação no futuro e suas vantagens e desvantagens e sua ética.

Imagine a cena, vc vai ao supermercado, coloca os produtos na cesta ou no carrinho ou direto da sacola, sai da loja sem nenhum problema, detalhe, na loja não tem caixa e nem segurança. Vai ao estacionamento e quando vc chega a 4 metros de seu carro, o mesmo já abre o porta malas automáticamente. Vc sai, passa por praças de pedágio sem parar, e quando chega em casa, ao chegar perto da porta com o monte de sacolas, a porta se abre, ao colocar as coisas na geladeira, a mesma já cataloga, e quando o item tiver perto do fim, a própria pode fazer as compras pra vc via internet.

Essa cena vc já viu em várias cenas de filmes, sabe, em pouco tempo, ela pode virar realidade. Quando vc fala de Wireless, vc não está apenas se referindo a rede Wi-fi 802.11, vc está falando de um conceito tecnologico muito mais amplo.A comunicação de dados sem fio é algo que existe a décadas, e se pensar bem, a milênios. Vc pode até não perceber, mas muitas tecnologias que vc usa, são Wireless: Celular, TV, Rádio, são coisas que existe a décadas e são wireless em conceito, o unico cabo que faz parte desse aparelhos, a principio, é o de eletricidade. E vc se comunica com outros seres humanos pela voz, ou gestos, onde não a fios, e há o famoso campo da telepatia, ou seja, a milênios, o wireless existe.

Outra tecnologia wireless que funciona através de sinal de rádio, é um troço chamado RFID. Vc deve ter um RFID no seu bolso nesse momento, seja no cartão de banco ou mesmo o bilhete de transporte (aqui em sampa, chamado de bilhete unico). O RFID é chip microscópico que envia e transfere dados via rádio. O mesmo pode está numa etiqueta ou num smart card, um outro chip, porém macroscópico mais sofisiticado.

Tanto o novo RIC quando o infame verichip tem a mesma tecnologia, ambas tem o RFID, a diferença é que um é externo, um cartão, o outro, é implantado em vc com uma agulha, como se fosse uma injeção.

Se ambos são iguais em conceito, por que o verichip é mais rejeitado? A Resposta é simples? A privacidade!!

Com o chip no corpo, a principio, o governo, ladrões, paparazos e até mesmo o demônio pode saber onde vc está, o que vc está fazendo ... agora, qual tecnologia o Casper usuaria, pergunta vc? Eu respondo, tanto faz!! A minha e sua privacidade pode ser violada usando as duas tecnologias.

Não estou defendendo o verichip, como direi mais a frente, ela tb tem suas desvantagens, mas essa tecnologia vem sendo estigmatizada como a marca do demônio, e até agora, quase ninguem deduziu que, o que o verichip é acusado de fazer, qualquer outra tecnologia faz.

Vamos "absolver" o verichip, pense comigo:

1º Se o demônio é uma criatura super poderosa, e assim como deus, tb tem a oniciência (sabe tudo) e a onipresença (está em todos os lugares), pra que o mesmo precisa rastrear o povo com um chip? Se ele pode destruir almas sem a mesmo tocar numa pessoa, apenas usando seus poderes maléficos e pertubação mental, é ilógico o mesmo ser usado para esse fim, claro, isso pode ser uma boa para ditadores, mas para do capeta em pessoa, não teria tanta utilidade.

2º Neurologistas mundo a fora já estudam a telepatia, sabem que ela pode se manifestar. Existe estudos de maquinas que consegue ler pensamentos via wireless (denovo) captando as ondas cerebrais. Modificar essas ondas, seria fácil assim que o ser humano compreender o cérebro de fato. Não precisaria de um chip para isso.

3º A maneira mais fácil e eficiente de invadir a privacidade existe a milhões de anos, e sim, é destrutiva. A Fofoca. Vc com certeza já teve situações onde vc não queria que ninguem ficasse sabendo, porém, um conhecido seu está lá e abriu o bico. Essa é forma mais fácil de espionagem, muitos crimes já foram solucionados assim!

4º mesmo sem a fofoca, existe milhares de satélites em órbita, com definição altissima, e com precisão de milimetros. Em muitos prédios e até mesmos nas ruas, estão invadidas por cameras de segurança, e outros equipamentos e técnicas usadas por detetives e policia, estão aí a décadas ou séculos, vc pode está sendo seguido e não se dar conta. Hj isso é fácil fazer, o governo pode e faz, arapongas é o que mais existe, e eles não precisam do chip.

5º Hj sua vida é informátizada, seus dados podem cair em mãos erradas e o estrago é enorme. Casos assim são comuns. Já tive casos na minha familia de roubo de dados, e não é nada agradavel.
A vantagem que o mesmo teria é que, uma vez na pessoa, seria quase impossivel duplica-lo. Discordo. Seria tão fácil quanto duplicar o RIC. A dificuldade do falsario com o verichip é de tirar ou reprogramar o seu chip para agir como o de outra pessoa. De resto, os risco que existe no RIC, vai continuar a existir no verichip. A unica vantagem é que o chip no corpo, é praticamente improvável o cara perde-lo. Lembre-se, a tecnologia é a mesma.

Tanto no RIC quanto no verichip, ambos podem apresentar problemas, coisa comum, se vc usa bilhetes de transporte, sabe que a vida util dos mesmo é de 5 anos, depois o chip falha. O verichip teria que ser colocado em lugar acessivel, para quando ocorrer o problema, o mesmo seja retirado e colocado outro no lugar. Nesse caso, o RIC seria mais vantajosos.

Já o rastreamento da pessoas, igualmente para os dois casos, se ouver um leitor de RFID em cada tomada por exemplo, tanto faz um ou outro, ambos pode registrar que vc esteve ali. O RIC é menos invasivo, afinal vc pode deixar o cartão em casa, coisa que vc não faria com o chip implantados, mas a principio, onde vc for, o governo ou qualquer um pode rastrear onde vc esteve.

E as vantagens? Nos dois casos, unificaria a identificação. A carteira só teria o RIC ou no caso do verichip, só teria o dinheiro (e olha lá). Ambos pode no futuro substituir cartões de crédito, tudo estaria num unico objeto. No caso do RIC, o cara terá que ter mais cuidado e se perder ou for roubado, para evitar estrago, terá que cancelar imediatamente.

A identificação atual é falha, e a do futuro, tb terá falha. Identificação individual na civilização humana sempre será um problema e um desafio.

Se essa tecnlogia é ética. Com certeza não. Alias, nenhuma tecnologia de identificação é ética, pois naturalmente, somos unicos, nosso corpo e alma são unicas. tudo em nós é unico. Comprovar que vc é vc, para a natureza, é algo ilógico, por acaso vc não ver bicho ou até mesmo virus com RG? É uma invensão humana, afim de driblar outra coisa que só nós humanos temos: a capacidade de mentir.

Seja lá qual for a forma que o RFID seja usado no futuro, não importa, apesar de ter chips no corpo seja assustador, talvez seus netos não pensem assim, mas é fronteira que tecnologia tenta romper. Hj, nossos direitos individuais são quase ignorados, quem sabe essa tecnologia não traga mais beneficios? É uma possibilidade, pode dar certo, pode dar errado, mas o problema não será o chip em si, será as pessoas ...

com essa crônica, meu objetivo não foi fazer vc aceitar essas novas regras, apenas é um olhar. Se é um sinal do apocalipse, como diz tantos fanaticos religiosos, eu não sei, pode até que seja, mas já ouve tantos sinais falsos. O apocalipse é que nem a morte, um vc sabe que vai acontecer, mas no caso da morte, nós a esquecemos e o apocalipse não. Meu conselho é: Esqueça. Se é inevitável, fazer o quê. Geralmente vc não fica esperando a morte, e pq vc ficaria esperando o fim de tudo?

Vc é o que é. E isso, chip nenhum irá mudar, só vc mesmo pode mudar vc!

PS: o noticiário de informática nessa semana está desanimados. Só noticia velha, vamos esperar noticias boas para comentar!

0 comentários:

Postar um comentário

Politica de comentários:

O Casper Vox modera todos os comentários enviados, e reserva-se no direito de remover qualquer comentário que:

- Contiver spams;
- Que forem duplicados ou floods;
- Que não for relacionado com o assunto do post ou do blog;
- Com ofensas e palavras de baixo calão;
- Que apenas tiver pedidos ou links

Voce poderá postar seu comentário como Anônimo, mas recomendamos e incentivamos a vc usar usar sua conta do Google ou sua OpenID.

Seu email e seus dados serão mantido em sigilo. Leia nosso Termo de uso e a nossa Politica de privacidade para mais detalhes!

Nota: As opiniões deixadas pelos visitantes não refletem a opinião do Vox.